sábado, maio 06, 2006

À minha MÃE - 7 de Maio

....Serra da Estrela - 1951 - "Silêncio e amor"- de Raúl Reprezas

Do teu ventre me tiveste,
No teu colo me embalaste,
Meus filhos sempre amparaste
Hoje, meus netos adoras.
Como explicar o que me deste?
Como agradecer o que me passaste?
Sim, porque já são horas
De te mimar,
De por ti me deixar levar.
Na minha rebeldia passada
Vê o desejo de mudança,
Rápida e permanente,
Dos jovens de todo o sempre
Que, face à mãe amada,
Arriscam a insegurança.
Agora precisas do meu amparo
E eu, do teu carinho,
Pois cada vez mais me é caro
Que me indiques o caminho.

1 Comentários:

At 08:40, Blogger José Ferrão disse...

Também faço minhas estas lindas palavras.
Obrigado, Magda.

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: