segunda-feira, março 05, 2007

Neoliberalismo e linguagem

Recorrência das palavras

...Cada forma particular de linguagem é caracterizada pela frequência do uso de constelações de palavras...
A linguagem neoliberal, mesmo quando se refere à Educação, é dominada pelos termos do mercado. Os autores contaram o número de vezes que determinadas palavras-chave ocorreram no Relatório da OCDE "Review of National Policies for Education: Review of Higher Education in Ireland" (OECD, Dublin 2003):


investigação293
estudante179
aprendizagem48
I&D42
competitivo27
mudança23
ensino21
mercado20
estudo18
organização16
indústria15
negócio13
gerente9
competição5
professor2
assistente2
intelectual2
biblioteca1
estudo individual0
literatura0

Confusão de conceitos

Significativamente, as palavras mais usadas são investigação e I&D e, apesar das suas conotações totalmente distintas, são usadas intermutavelmente. Por exemplo:

...[Um] número de medidas tem que ser tomadas para criar uma cultura de investigação sustentada que proporcionará a quantidade de recursos necessários para atrair empresas internacionais em número muito maior que actualmente, dispostas a investir em I&D na Irlanda e sustentar a indústria indígena...

Repetidamente, ao longo do documento, o deslize entre os dois termos embacia, de tal modo que a referência a um dos termos se transforma na referência ao outro. Uma frase do relatório diz:

...A Irlanda necessitará de traduzir os seus investimentos em áreas de nicho de desenvolvimento nas universidades numa cultura alargada&aprofundada (broadeR&Deeper) de investigação antes que uma ou mais dessas universidades se possa classificar como universidade de investigação de 'nível mundial'.

A identificação entre investigação desinteressada empreendida por um académico ou um grupo de académicos e as actividades de I&D das corporações destinadas ao mercado são amalgamadas, o que revela a medida em que o pensamento dos autores é orientado para a indústria e para o mercado.

Excerto traduzido de:
The Interconnections between Neo-liberalism and English
Marnie Holborow, 29 de Maio de 2006

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

<< Home


hits: