domingo, março 25, 2007

O Portugal dos "coitadinhos"



Acabei de ver agora, num dos noticiários televisivos, a "revolta" de dois responsáveis referindo-se ao parque de campismo, situado na Caparica, inundado pelas águas salgadas do Oceano Atlântico.
Diziam eles, um homem e uma mulher, cujos nomes não fixei, pois tento ocupar o menos possível o meu "disco rígido cerebral", que sabiam de quem era a culpa de toda aquela desgraça, e nomearam pessoas, pois já se sabia que as pedras que lá deviam ter sido colocadas não eram as que foram... Entretanto, mostravam tendas, que não só não foram retiradas como continham todos os seus haveres habituais(?) incluindo bicicletas amovíveis para fazer músculo às pernas...etc, etc, a serem invadidas pelas tais águas vindas de assalto, varrendo muros de pedra e ultrapassando uma espécie de canal que entretanto terá sido escavado.

A tal senhora, exaltada, dizia que as pessoas deveriam ser indemnizadas pois não era justo o que estava a acontecer depois dos tais responsáveis terem sido avisados e nada terem feito.

Ora, eu boquiaberta, perguntava-me, ao longo do desfile de cenas de objectos pessoais molhados e a estragarem-se, se, caso tivesse ali uma tenda, para já não falar em roulotte, com os meus pertences, fossem eles quais fossem, não seria natural, há cerca de 1 mês atrás, eu ter retirado tudo, mas tudo, por mera precaução?

Será que não é uma questão de inteligência ou será que os donos daquelas tendas são todos diminuídos mentalmente, para não dizer ( vou acabar por dizer ) burros?

Não acredito que sejam todos burros. Estou tentada em acreditar que fazem parte de um grande grupo que por cá existe - o grupo dos Xicos Espertos - que sonham com uma indemnizaçãozinha, seja qual ela for, nem que só dê para ir jantar fora!

Mas, não há um jornalista que pergunte:
- E por que razão não retiraram as tendas?

Estarão à espera de um milagre o de recuo das águas quando, ano após ano, todos aqueles utentes se deram conta da subida das águas, das mudanças de correntes, enfim de todas as alterações já sobejamente noticiadas?

E já agora, quem foi o xico esperto que se lembrou de colocar areia todos os dias, que ía sendo comida pelas águas, noutra zona, lá por aquelas bandas?
Quanto ganhou com isso? Quanto todos nós, contribuintes, lhe pagámos?

E agora querem que eu desembolse mais para pagar, o que se estragou naquelas tendas, aos coitadinhos dos seus donos?

Não gozem demais com o povo pagante porque o reverso da medalha costuma ser duro de roer!

Etiquetas:

3 Comentários:

At 00:21, Blogger José Ferrão disse...

Quero dar os parabéns à Magda por ter levantado este tema.
Nem o "saudoso" que mandou erguer o paredão, sonhou alguma vez que ele iria durar tanto tempo.
Entretanto, já devem ter gasto mais dinheiro em remendos, do que aquele que daria para tranformar todos aqueles "campistas" em moradores.
Só apetece dizer, vão mas é acampar para outro lado...!

 
At 00:40, Blogger Jorge Ferrão disse...

Magda:

Se continuar assim, vai ser convidada para descarregar no fogo e a espada.

ehehehe

 
At 18:08, Blogger José Ferrão disse...

Eu por acaso, também tinha lá uma bicicleta guardada...
Onde é que são as reclamações?

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: