quarta-feira, abril 25, 2007

25 de Abril de 1874 - Marconi




Guglielmo Marconi nasceu exactamente 100 anos antes do 25 de Abril de 1974. Não fora ele e talvez a senha utilizada nesse dia, transmitida no Rádio Clube Português,- Grândola Vila Morena - não tivesse sido passada e a história teria seguido outro rumo, os meios de comunicaçao utilizados teriam sido outros.

É engraçada a vida!

Marconi nasceu em Bolonha, filho de Giuseppe Marconi e Annie Jameson. Teve uma educação cuidada interessando-se cedo pela Física e,neste campo, pela electrónica. Quando tomou conhecimento das experiências de Hertz, que provou que os campos eléctricos e magnéticos se podiam propagar através do ar sob a forma de ondas, imaginou que essas ondas poderiam ser usadas para transmitir informação.

Em 1835 construiu um emissor e um receptor que, ligados a uma pequena antena,conseguiram transmitir ondas de rádio a pequena distância.

Mais tarde transmitiu sinais a distâncias superiores a 1,6 km. Depois de muitas demostrações criou a Wireless Telegraph and Signal Company Limited que, em 1900, passou a chamar-se Marconi's Wireless Telegraph Company Limited.

A partir daí temos as seguintes etapas significativas:

1897 - demonstrou a possibilidade de comunicar a uma distância de 4 km.
1899 - realizou a primeira comunicação de uma costa para outra do Canal da Mancha.
1899 - realizou uma comunicação de radiotelegrafia de 300 km.
1901 - provou a possibilidade de transmissão de T.S.F. através do Atlântico.
1902 - transmitiu a 1ª mensagem radiotelegráfica entre o Canadá e a Inglaterra.
1909 - graças à T.S.F. salvaram-se passageiros do paquete Republic.
1912 - do mesmo modo foram salvos alguns passageiros do Titanic que também se afundou.
1924 - foi transmitida, pela 1ª vez a voz humana por meio da radiofonia entre Inglaterra e Austrália.
Recebeu o Prémio Nobel da Física em 1909.

Faleceu a 20 de Julho de 1937 e nesse dia todas as estações de rádio lhe prestaram homenagem calando-se por dois longos minutos.

Etiquetas: ,

1 Comentários:

At 19:12, Blogger António Chaves Ferrão disse...

Belo.
Não há dúvida que a Rádio jé teve os seus dias de glória.

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: