segunda-feira, maio 28, 2007

27 de Maio de 1977, faz hoje 30 anos

'Passam hoje trinta anos sobre o 27 de Maio de 77. É assim que é conhecida a página mais negra da história de Angola enquanto nação soberana e independente e é uma data que me diz muito pelas piores razões. Há muita gente que quer reescrever o que aconteceu, dizem que é melhor andar para a frente e esquecer. Mas nós não podemos. Os mortos só nos têm a nós para os defender e para os lembrar. E é para isso que cá estamos.'

Memórias de uma guerra que teimam em ficar.

Etiquetas: ,

2 Comentários:

At 00:32, Blogger António Chaves Ferrão disse...

Lúcio
Angola é hoje um dos países detentores das mais longas histórias de guerra recentes. Talvez rivalize com o Líbano. Para que os angolanos, quase todos, conhecessem uma vida de paz, teríam, simplesmente, que voltar a nascer.
A chaga da guerra está ainda demasiado viva e presente em todas as famílias. Há angolanos espalhados pelos quatro cantos do Mundo, mesmo na nossa família, como sabes.
Hoje não vejo alternativa para os angolanos senão andar para a frente. Ajustes de contas são aquilo que os angolanos menos precisam. Gandi disse que, com a política do "olho por olho" acabaremos todos cegos.

 
At 10:14, Blogger José Ferrão disse...

O 27 de Maio, foi o dia em que aqueles que recusam a paz, falaram mais alto do que os outros.
O presidente que resultou dessa recusa, ainda lá está...

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: