segunda-feira, fevereiro 18, 2008

Eça de Queiroz, 1867, in “O distrito de Évora”

“ORDINARIAMENTE todos os ministros são inteligentes, escrevem bem, discursam com cortesia e pura dicção, vão a faustosas inaugurações e são excelentes convivas. Porém, são nulos a resolver crises. Não têm a austeridade, nem a concepção nem o instinto político, nem a experiência que faz o ESTADISTA. É assim que há muito tempo em Portugal são regidos os destinos políticos. Política de acaso, política de compadrio, política de expediente. País governado ao acaso, governado por vaidades e por interesses, por especulação e por corrupção, por privilégio e influência de camarilha, será possível conservar a sua independência?”

----------------------------------------------------------

140 anos depois, Eça sempre actual!

--------------------

Etiquetas: ,

1 Comentários:

At 17:16, Blogger Pinhal Dias disse...

«Grande Visão do Eça» ..."É assim que há muito tempo em Portugal são regidos os destinos políticos" -
E não só! ... Que venha o cavaleiro branco e faça uma limpeza de vez a estas nódoas de corrupção!

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: