segunda-feira, maio 26, 2008

Armas silenciosas para uma guerra tranquila

Tentar compreender José Sócrates à face do programa do Partido Socialista é tão inglório que até uma pesssoa tão bem informada como Almeida Santos já desistiu. Porventura o documento que aqui citamos torne mais fácil entender esse comportamento. (AF)

Energia

É reconhecido que a energia á a chave de todas as actividades na Terra. O papel das ciências naturais é o de estudar as fontes e o controlo da energia da Natureza e o papel das ciências sociais, expressas teoricamente através da economia, é o de estudar as fontes da energia social e o seu controlo. Tanto uma como outra devem tributo à matemática. Então, a matemática é a ciência da energia por excelência.

Toda a ciência é, essencialmente, um meio para atingir um fim. O meio é o conhecimento. O fim é o controlo. Resta apenas uma questão: "Quem será o beneficiário?"

Em 1954 esta foi uma preocupação maior. Ainda que se tenham levantado as chamadas questões morais, do ponto de vista da lei e da selecação natural, foi reconhecido que uma nação ou a população mundial que não utilizasse a sua inteligência não seria melhor do que animais destituidos de inteligência. Tais pesssoas são bestas de carga por escolha ou consentimento.

Segue-se que, no interesse da futura ordem mundial, da sua paz e da sua tranquilidade, foi decidido conduzir uma guerra silenciosa contra o público americano com o objectivo último de deslocar a energia social e natural (riqueza) da massa indisciplinada e irresponsável para as mãos de alguns afortunados autodisciplinados e responsáveis.

Para se atingir tais fins é necessário criar, proteger e utilizar novas armas que, como se verá no futuro, pertencem a um tipo tão subtil e sofisticado no seu princípio de funcionamento e imagem pública que serão chamadas "armas silenciosas".

Em conclusão, o objectivo da investigação económica, tal como é dirigida pelos dirigentes do capital (bancos) e das indústrias de bens e serviços, é o estabelecimento de uma economia totalmente previsível e manipulável.

Para se chegar a uma economia totalmente previsível os elementos das classes inferiores da sociedade devem ser sujeitos a um controlo total, isto é, devem ser desgarrados do lar, subjugados e assignados a um desígnio social a longo prazo desde a mais tenra idade, antes que tenham a oportunidade de se questionar sobre a sua sorte. Para se atingir este grau de adaptação a célula familiar das classes inferiores deve ser desintegrada por meio de processos que empolem as preocupações dos pais.

A qualidade da educação dada às classes inferiores deve ser do mais pobre possível, de modo que o fosso de ignorância que isola as classes inferiores das classes superiores permaneça fora da compreensão das classes inferiores. Com tais deficiências de base, mesmo os elementos brilhantes das classes inferiores possuirão apenas uma vaga hipótese de escapar ao desígnio que tenha sido atribuído à sua vida. Esta forma de escravidão é essencial para manter um certo nível de ordem social, de paz e tranquilidade para as classes superiores dirigentes.

in Armes silencieuses pour guerres tranquilles
publicado por Syti.net
Maio de 1979

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

<< Home


hits: