quinta-feira, outubro 16, 2008

François Chesnais - Limites do capitalismo

...

Por isso, outro elemento a ter em conta é que esta crise tem ainda outra dimensão: a de marcar o fim da etapa em que os Estados Unidos podiam actuar como potência mundial sem concorrência... Na minha opinião, saímos do momento que analisava Mészáros no seu livro de 2001, e os Estados Unidos vão ser submetidos a uma prova: num prazo muito curto, todas as suas relações mundiais modificar-se-ão e terão, no melhor dos casos, de renegociar e reordenar todas as suas relações com base no facto de serem obrigados a partilhar o poder. E isto, evidentemente, é algo que nunca aconteceu de forma pacífica na história do capital...


Artigo Completo: François Chesnais, O capitalismo tentou romper os seus limites históricos e criou um novo 1929, ou pior, O Diario.info, 16 de Outubro de 2006

Etiquetas: ,

2 Comentários:

At 20:42, Blogger Ludo Rex disse...

Mas que é inevitável... Abraço

 
At 21:53, Blogger António Chaves Ferrão disse...

Ludo Rex
Destaquei este parágrafo mais leninista do artigo, mas vale a pena lê-lo intgralmente.
Um abraço

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: