sexta-feira, outubro 17, 2008

Alunos, pais e contribuintes em geral: Vejam!




nota:Apagarei estas imagens a pedido de qualquer um dos seus figurantes.

Não ataquemos estes homens porque:

1º Se não fossem eles, nós nunca saberíamos disto.
2º Às vezes é preciso que as pretensões se concretizem para que se vislumbre melhor a dimensão do problema.
3º Gosto da melodia.
4º A letra foi bem escolhida.
5º Esqueceram-se dos passos mas já ouço chloc, chloc, chloc, chloc.

Para os colegas mais zangados:
Não olhem para a parte má. Vejam antes a parte boa: Foi quebrado o isolamento da classe. A maioria dos professores não tem consciência que a sua voz morre dentro da classe.

C3 G3 C4 Bb3

5 Comentários:

At 22:25, Blogger António Chaves Ferrão disse...

O que fazem estas pessoas?
Está tudo explicado aqui e ali. Vale a pena ler.

 
At 00:35, Blogger Gerofil disse...

Olá; como professor sinto-me extremamente ofendido com a publicação deste vídeo na internet.
Mas há gente que é capaz de tudo.

 
At 00:51, Blogger António Chaves Ferrão disse...

Jorge
Não será melhor apagar?

 
At 11:46, Blogger Jorge Ferrão disse...

Pensei que as imagens fossem expressivas o suficiente.
Neste caso vou ter de contextualizar no próprio post.

gerofil:
A ideia não é ofender nrnhum professor.

antónio:
Talvez ainda não seja a melhor hora para apagar.

 
At 17:08, Blogger Elisabete Ferrão disse...

Caro Jorge,
Quantas acções de formação são os professores obrigados a fazer, para progressão, ou manutenção da carreira, com preparação duvidosa, sem que tenha algum interesse formativo para a sua actividade, e às custas dos mesmos?

Quantas actividades são os professores de hoje obrigados a fazer, sem qualquer sentido, mas que os esgotam e lhes queimam horas de vida, (longe dos filhos que deveriam e desejariam estar a educar)?

Quantas vezes nos sentimos, nós professores, a fazer estas figuras no nosso dia a dia, com a sensação de impotência? Sendo denegridos e desmerecidos por auxiliares, pais, alunos e até alguns colegas (que com essa postura se sentem temporariamente superiores).

Obrigada a estes colegas por darem a cara e mostrarem ao mundo o que está a acontecer na Educação do nosso país.

Os PROFESSORES ESTÃO A SER OBRIGADOS A ACATAR MEDIDAS
com que não concordam,
que não vão ter qualquer benefício prático para os alunos,
que representam desperdício de recursos financeiros, humanos e intelectuais para todos (Estado e Profissionais da Educação).

Assina:
Uma professora que se sente há demasiado tempo uma marioneta de um Ministério de (falsa) Educação

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: