quarta-feira, outubro 08, 2008

A Pergunta

O Estado não paga aos utentes nenhum medicamento, sem ouvir o médico;
Mas o mesmo Estado subsidia a internet aos utentes, sem ouvir o Professor.

A pergunta que se põe, é muito simples:
Se um Professor fizer a denúncia de um benefício que o Estado concedeu ao seu aluno,

Essa denúncia corre contra as regras que o Estado impôs para conceder o benefício, ou contra a avaliação que o Estado faz do desempenho do Professor?

Da resposta (ou falta dela) que o avaliador registar em acta, irá depender o tipo de participação que o avaliado fizer na avaliação do seu desempenho.

Etiquetas: , ,

3 Comentários:

At 12:17, Blogger Ana Camarra disse...

Perguntas, perguntas, mas não te respondem.
Não interessa.
Este esvaziamento gradual de responsabilidades, com o aumento da desconfiança, monitorização, com estas avaliações tortas em que nos tornam a todos policias de todos, é o espelho desta filosofia de governação.

Beijos

 
At 16:24, Blogger José Ferrão disse...

Olá Ana,
Conforme a resposta que me derem, assim a atitude.
Mas pelo que me é dado ver, também ninguém está interessado em avaliar ninguém.
O assunto é mesmo só papelada, e mais papelada.
Logo a seguir à roda dentada, o copy/paste é a invenção que mais se adapta a este governo.
Avaliações, são apenas para consumo externo.
O ministério finge que avalia os professores, e os professores fingem que avaliam os alunos.
Be cool...
Obrigado pela visita.

 
At 19:56, Blogger Ana Camarra disse...

Não tens nada que agradecer.
Eu sei que é tudo papel de embrulho e do piroso....
Não venho cá sempre, porque nem sempre consigo, outras vezes tens uns posts cooooompridos e eu venho aos blogues nas pausas, ou então tens assuntos sobre os quais não opino, este de certa forma toca-me.

bjks

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: