quarta-feira, novembro 26, 2008

Cimeira do Golfo da Guiné

Cimeira do Golfo da Guiné discute formas de cooperação
O Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, poderá indicar hoje o sentido da cooperação entre os oito países membros da Comissão do Golfo da Guiné, quando discursar na cerimónia de abertura da II Cimeira ordinária daquela organização continental regional.O Chefe de Estado angolano assume hoje o cargo de Presidente em exercício da Comissão do Golfo da Guiné para os próximos dois anos, pelo facto de Angola exercer a partir de hoje a presidência rotativa anual da organização, dirigida pelo Gabão desde a sua fundação a 26 de Agosto de 2006, em Libreville.José Eduardo dos Santos substitui no cargo o Presidente do Gabão, Omar Bongo, que cessa a partir desta cimeira o seu mandato de dois anos.O conclave abre hoje por volta das 10 horas no Centro de Convenções de Talatona, zona Sul de Luanda. O Chefe de Estado angolano vai discursar na abertura em gesto de boas-vindas aos convidados e no final dos trabalhos da cimeira.Na mesa, os estadistas terão os seguintes dossiers: Regras de Procedimentos do Secretariado Executivo, Organigrama, Regulamento Financeiro da Comissão do Golfo da Guiné, Plano de Acção, Relatório de Auditoria Financeira às Contas, Orçamento para o ano de 2009, Contribuições dos Estados Membros, Insígnia e Bandeira da organização. Estes documentos foram submetidos ao Conselho de Ministros da organização, que os analisou durante dois dias.Ao pódio da sala de trabalhos sobem, além do Presidente angolano, o secretário executivo da Comissão do Golfo da Guiné, e o presidente da Comissão da União Africana. O presidente cessante da organização, Omar Bongo, discursa igualmente na cerimónia.Depois da sessão solene de abertura oficial, os trabalhos decorrem à porta fechada. Os resultados serão, ao longo da tarde, divulgados em comunicado final.À saída do centro de Convenções, o Chefe de Estado angolano vai apresentar cumprimentos de despedida, em separado, aos Chefes de Estado e de Governo da organização. Os estadistas deixam Luanda ao fim da tarde de hoje, de regresso aos seus países.Ontem à noite, no Centro de Convenções de Talatona, o Presidente da República ofereceu um jantar oficial aos Chefes de Estado e de Governo dos países membros da organização e membros das delegações. Antes da gala de boas-vindas, o Presidente da República recebeu, em separado, os Chefes de Estado e de Governo da organização, numa das salas protocolares do Centro de Convenções de Talatona.O Golfo da Guiné é uma grande reentrância na Costa Ocidental de África, no oceano Atlântico. A região é muito rica em petróleo, sendo considerada a segunda maior reserva, depois do Médio Oriente. A Comissão do Golfo da Guiné integra oito países membros. A organização surgiu da necessidade de se prevenirem conflitos e se encontrarem mecanismos de segurança entre os países membros, atendendo que a região é “extremamente rica” em recursos petrolíferos.Além de Angola, fazem parte da Comissão do Golfo da Guiné a República Democrática do Congo, Congo-Brazzaville, Nigéria, São Tomé e Príncipe, Gabão, Camarões e Guiné-Equatorial.

0 Comentários:

Enviar um comentário

<< Home


hits: