domingo, março 29, 2009

Servomecanismos

Vã glória a minha, se quanto mostro
Saco de tão mísera inteligência
Como quero que me acompanhem
Nessa farsa de eloquência

Exerci artes de processamento
Disso fiz meu ganha-pão
Tanto lidei com tal invento
Que já perdi toda a noção

Em poucas linhas consigo dizer
O pequeno mundo que me consumiu

Sequências de letras são palavras
E chega para acabar com o léxico
Sequências de palavras são expressões
Nada mais há na sintaxe
(Claro que nem um só deslize
Há máquina que me autorize,
Desconhece os meus desígnios
Só opera aquilo
Que pedanticamente lhe dito)
A semântica já nem me pertence
É cumprida pelo mecanismo
Ao executar a acção

Em fluxogramas ordenados
Desenho alternativas expectáveis
Face a dados que desconheço
Que me asseveram constituir
O invisível mundo real
(Até aceitava, sem objecção
Que os chamassem
Amostra insignificante
De uma realidade tão distante
Que nem mesmo sei se existe)

Se me basta um valor, chamo função
De contrário é uma rotina
Se balançam são co-rotinas
Se tornam à origem são sub-rotinas

Cedo ao servo as ordenanças
Aguardo então os resultados
Contento-me com semelhanças
Aos que foram antecipados

Tanto poder sobre um servo
Dá até uma vertigem

Qual máquina?
Qual memória programável?
Qual simulação de inteligência?
Qual maravilha tecnológica?
Mais estúpida ainda que uma vassoura

Não mais aguento a ordem, quero confusão

Hoje não sou exército, sou multidão
Não procuro governo, mas rebelião
Empresa não, insubordinação
Desígnio não, insurreição
Música? Não, só barulhão
Hoje sou uma explosão

A besta soltou-se, não a controlo
Não tenho tempo para adiamento
Basta já, tanto sofrimento

Como pode o animal
Enfaticamente substantivo
Sujeitar-se ao racional
Servamente adjectivo?
Publish Post


Como exprimir a contradança
Respeitando ambos?

Resta-me uma esperança

Etiquetas:

2 Comentários:

At 00:06, Blogger Ana Camarra disse...

Maravilha!

Um beijo

 
At 00:18, Blogger António Chaves Ferrão disse...

Ana
Não exageres.

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: