sábado, janeiro 31, 2009

Pinto Balsemão - Sócrates é descartável

Francisco Pinto Balsemão
No dia em que nome do Primeiro Minsistro José Sócrates Pinto de Sousa faz as manchetes de todos os jornais, apetece-me antes falar desta figura-sombra do poder em Portugal. A Francisco Pinto Balsemão, nada lhe dá mais conforto que sentir que os mais altos representantes do poder político democrático são peças descartáveis. O ingénuo José Sócrates experimenta agora o reverso da sua fulgurante ascensão.
Formalmente, José Sócrates foi eleito para cumprir um programa eleitoral sufragado. Nesse programa não constavam as medidas de precarização extrema das condições contratuais dos trabalhadores, tampouco a perseguição intimidatória aos professores e muitas outras medidas que caracterizaram o seu magistério. Os resultados são amplamente satisfatórios para Balsemão. No entanto, Sócrates arrisca-se a sair pela porta pequena devido uma inadmissível ingerência da imprensa de Balsemão nos trabalhos de investigação da polícia judiciária. Entre as informações publicadas hoje pelo jornal de Balsemão, só falta mesmo o nome dos que retiraram peças dos processos para as fazer chegar à imprensa.
Últimamente tem crescido entre os partidos ditos "da governabilidade", ou seja, entre os partidos que conseguem menos eleitores por cada deputado eleito, a noção de que no final deste ano só uma solução à Alemanha, de bloco central no governo, é capaz de prosseguir as políticas neoliberais já encetadas. José Sócrates não compreendeu estes avisos. Agora vai prestar contas ao homem que o promoveu durante toda a legislatura, e mesmo antes dela, quando o convidou para uma célebre reunião do clube de Bilderberg.

Etiquetas: , , ,

7 Comentários:

At 16:01, Blogger Isabel Pedrosa Pires disse...

O Sócrates foi ao "beija-mão" com o Santana, agora foram o António Costa e o Rui Rio. O Balsemão, representante da Bidelberg já deve ter a "sina lida" ao Sócrates.

Com tanta arrogância não sabia que era uma simples marionete?

 
At 23:09, Blogger António Chaves Ferrão disse...

Isabel
Balsemão viu uma parte da sua fortuna esfumar-se no buraco do Banco Privado Português, e não terá gostado de ouvir dizer que os socorros do estado não são destinados aos accionistas. É nestas ocasiões que o abutre Balsemão usa os seus instrumentos para fazer vincar uma posição negocial. Em boa verdade, os incidentes do percurso de vida de José Sócrates interessam-me bem menos que as imposições de homens-sombra como Balsemão. Se Sócrates tem tantos "rabos de palha" como Balsemão insinua, a sua capacidade para defender o interesse público está mortalmente ferida.
Para já, o que é manifestamente lamentavel é que a Polícia de Investigação não consiga resguardar os processos em segredo de justiça do assalto da imprensa. Só isso, justificaria de imediato a exoneração dos seus mais altos responsáveis. Não sendo exonerados, nada mais podemos esperar dela. Está irremediavelmente contaminada.

 
At 00:54, Blogger Isabel Pedrosa Pires disse...

Concordo completamente, o Balsemão não perdoa.
E na verdade estamos entregues à "bicharada"!

 
At 21:37, Blogger Zorze disse...

Não esquecendo que Balsemão tem que reportar a instâncias mais elevadas.
O relativo poder local que tem, não foi dado tem que ser merecido. Porque tudo é cobrado e de vez em quando tem que prestar contas.

Abraço,
Zorze

 
At 22:45, Blogger António Chaves Ferrão disse...

Zorze
Desconfio que ele, tal como outros accionistas e investidores do BPP, anda agora mais preocupado com os milhões de contos que deram o sumiço, que com qualquer report.

 
At 23:35, Blogger Kaotica disse...

Parabéns: http://opafuncio.blogspot.com/2009/02/trofeu-pedagogia-do-afecto.html

 
At 20:40, Blogger Cláudio Ferrão disse...

Os movimentos de peoes e damas são executados longe do tabuleiro de jogo....
Exp... Compal;Aguas de Portugal;Edp;Bcp;Bpn,CGD(EHEHEH) ...e por ai...
E o "Rei" vai ver in loco...em breve!

Para Bom entendedor!

Espero que esteja tudo bem por ai.

Abraço a todos!

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: